sexta-feira, 27 de junho de 2014

GENERAL DO EXÉRCITO PAULO CHAGAS FAZ UM ALERTA AO PAÍS

GENERAL DO EXÉRCITO PAULO CHAGAS FAZ UM ALERTA AO PAÍS



Quando você tem um ‘poder opressor’ (PT) que precisa ser combatido e um ‘poder libertador’ (Forças Armadas) que precisa combatê-lo em prol da liberdade de uma Nação inteira, vemos que o princípio ORDO AB CHAO ( A ORDEM QUE VEM DO CAOS) é o RESULTADO FINAL QUE SERÁ ALCANÇADO. Claramente escrito por Albert Pike no livro Moral and Dogmas, a luta entre Classes e a instauração de um governo corrupto no poder só tem um ÚNICO PROPÓSITO: 

ENFRAQUECER A NAÇÃO E DESTRUIR SUA ECONOMIA INTERNA PARA QUE OS AGENTES EXTERNOS SE APROPRIEM DE TODA NOSSA RIQUEZA, NOS ESCRAVIZE E DESTRUAM NOSSA SOBERANIA PARA A IMPLANTAÇÃO DA NOVA ORDEM MUNDIAL. 


O que estamos presenciando no BRASIL é tão somente o final desse processo. 

Para aqueles que acreditam na história desta Nação e na declaração de sua INDEPENDÊNCIA DIGO: Não foi a lei áurea que extinguiu a escravidão. Ela sequer foi extinguida. A quantidade de tributação que pagamos, como brasileiros, pessoas físicas ou jurídicas é tamanha que isso por si só já nos faz escravos desde que nascemos. (Nascemos escravos nessa Nação); O grito ‘INDEPENDÊNCIA OU MORTE’ não se deu as margens do Ipiranga e sim dentro de uma loja maçônica. 

Como todo escravo, nossa liberdade precisa ser comprada. Mas a que preço ? 
O que esperar de um povo que desde pequeno só aprende mentiras e nunca conheceu a verdade sobre ele mesmo ? 

Novamente a história se repete. Já temos um NOVO GOLPE ( Decreto 8.243/2014 ) e logo logo uma NOVA GUERRA ( intervenção militar). (Acredito nisso!)
No meio deste controle de poder está você, ‘FILHOS DE MÃE GENTIL’...

VEJA A ENTREVISTA DE DENISE ABREU COM O GENERAL


VEJA TAMBÉM !!!!

A verdadeira saída de Joaquim Barbosa do STF - sem cortes
- O tenebroso decreto 8243/2014 - A copa do mundo é só uma distração.
- Maçonaria vem a público com um manifesto preocupante contra o PT
- Financial Times aponta Lula e família donos de fortuna avaliada em R$ 700 MILHÕES

O TENEBROSO DECRETO 8243/2014 - A COPA DO MUNDO É SÓ UMA DISTRAÇÃO...

O TENEBROSO DECRETO 8243/2014


A COPA DO MUNDO É SÓ UMA DISTRAÇÃO...

A Presidenta Dilma Rousseff Criou um decreto,onde os movimentos "civis" podem agora ter poder sobre o governo. Movimentos diversos como: CUTMST, Passe Livre, Feministas, Black Block's e toda a leva de movimentos de esquerda e Anti-Cristãos ganharam  poder com esse novo decreto. (Só quem não ganha nada é o povo que ironicamente é a fonte originária de poder segundo a Constituição Federal).  Você que achava bom ter o direito do voto, como se não bastasse o sistema fraudulento das urnas eletrônicas, agora terá a certeza de que o exercício da cidadania é somente formal. Direito é agora uma palavra com 7 letras e sem nenhum significado. Pelo menos aqui no Brasil. Sobre esses movimentos: Tais movimentos não precisam de votação para atuarem dentro do governo. Ou seja, logo logo até o movimentos como o ATEA poderá militar dentro do governo.  Isso me lembra que a pouco tempo lá nos EUA os membros da "Igreja Satânica" reivindicaram o poder de colocar uma estatua de "Baphomet" em Oklahoma. 
(Texto inicial: Resistência Cristã do Brasil com modificações)


E onde há ditadura, há controle policial. Falando em Polícia...
Lembro-me do ano de 2007 quando frequentei a ACADEPOL NO RJ (Cheguei a me formar mas não entrei para exercer a profissão. Sabe como é né: Brasil, País das fraudes nos concursos!) 

Notem a numerologia das armas. 9+2=11 / 1+8=9 .:  119 ou 911 ( Eu já devia estar marcado. Aliás, fui marcado desde o nascimento.)
Contudo, quando vejo as imagens da poliçada executando ordens de um governo comunista contra o povo (cada caso é um caso. Não estou defendendo nenhuma baderna ou movimento caracterizado. Estou defendendo a verdadeira democracia. O direito de não querermos esse GOVERNO NO PODER) me entristeço.  A polícia deveria defender o povo e não o Estado, já que o Estado se tornou comunista. Se a constituição federal ainda vale é mister que o poder EMANA DO POVO. Se vem do povo é para o povo que a polícia deve agir e não CONTRA O POVO. Se nossa democracia é APENAS FORMAL a ÚNICA MANEIRA VIÁVEL DE PARAR ESSE PROCESSO COMUNISTA É O CONFRONTO DO POVO CONTRA AQUELES QUE TOMARAM A FORÇA O PODER DESTA NAÇÃO. (E ISSO INCLUI A POLÍCIA) PODEM CHAMAR DO QUE QUISER: GOLPE, CONTRA-GOLPE...

QUANDO O GOVERNO ATUA AMPARADO NA CONSTITUIÇÃO USANDO-A E MODIFICANDO-A CONTRA O POVO, TEMOS UMA DITADURA! 

 DECRETO 8243/2014
Veja o vídeo a seguir...



CONCOMITANTE A ISSO TEMOS A COPA DO MUNDO E PARA UM BOM ENTENDEDOR MEIA PALAVRA BASTA. (Não é verdade ?)

TUDO FOI ARMADO ANTES! BEM ANTES...

VEJO AS PESSOAS CLAMANDO POR JUSTIÇA...

MAS O QUE É A JUSTIÇA SE O PAÍS É COMUNISTA E O QUE É A POLÍCIA SE OBEDECEM A TERRORISTAS QUE ESTÃO NO PODER ? 

TAMBÉM APRENDI QUE A ORDEM MANIFESTAMENTE ILEGAL NÃO DEVE SER CUMPRIDA...
(JÁ FUI MILITAR TAMBÉM)
QUEM DIRIA NÉ: AMÉRICA DO SUL COMUNISTA!...


VEJA TAMBÉM !!!!

A verdadeira saída de Joaquim Barbosa do STF - sem cortes
- General Paulo Chagas faz uma grave denuncia a Nação
- Maçonaria vem a público com um manifesto preocupante contra o PT
- Financial Times aponta Lula e família donos de fortuna avaliada em R$ 700 MILHÕES

O VERDADEIRO MOTIVO DA SAÍDA DE JOAQUIM BARBOSA DO STF (SEM CORTES)

O VERDADEIRO MOTIVO DA SAÍDA DE JOAQUIM BARBOSA (SEM CORTES)


JOAQUIM BARBOSA SABE, EXATAMENTE, O QUE ACONTECERÁ NO PAÍS COM  O DECRETO 8.243/2014  E POR ISSO PREFERIU SAIR DO QUE MORRER! 



Transcrevo mensagem eletrônica recebida:
“É impressionante como o PT conseguiu disseminar o medo entre o povo da classe média, pelo menos por aqui no nordeste, em particular entre os profissionais liberais e mais ainda entre aqueles que ocupam cargos públicosno governo, seja no âmbito municipal, estadual ou federal.
Aqui no nordeste a realidade é totalmente diferente do sudeste, pois como aqui corre menos $$$ o cara ou é profissional liberal, engenheiro civil, médico, dentista ou advogado, ou fez um concurso e é funcionário público e depende daquele emprego para viver, pois não há outro, já que a oferta é mínima e o cara depende unicamente de ser aprovado em concurso público.
Ontem eu enviei um e-mail sobre “O teorema do Mensalão” ao Grupo que cursou direito comigo; recebi ontem mesmo um e-mail de um cara do Grupo pedindo por favor que eu não enviasse mais e-mails ao grupo criticando o governo federal do PT; também um cara amigo que é engenheiro e foi para Rio Branco no Acre como diretor técnico da Eletrobrás fez pedido idêntico e foi explícito na razão do seu pedido.
Ou seja, não é somente porque aqui no nordeste imperou o “cabresto” político por 100 anos não, embora isso tenha sua parcela de influência.
É que os caras estão com muito medo mesmo dos Militantes do PT, que são verdadeiras policias secretas nas instituições públicas, exercendo coerção ostensiva sobre aos demais funcionários.
Se o PT continuar no poder, logo, logo assistiremos essa coerção se disseminar pelo país, sobre os cidadãos também.
Escolhi a dedo para quem estou enviando este e-mail, excluindo todo o pessoal daqui para não causar constrangimentos!
É viver para ver!
A verdade sobre a saída de Barbosa do STF
Havia um certo mistério no repentino pedido de Joaquim Barbosa por uma aposentadoria que o afastaria de vez do STF. Não há mistério nenhum. Joaquim Barbosa está no poder, logo é um homem que sabe o que se passa nas esferas governamentais e logo que Dilma aplicou o Golpe de Estado ao assinar um Decreto que enterrará de vez com a democracia, Barbosa não teve dúvidas e pediu para sair. Barbosa é um homem que sabe demais, era um entrave nas pretensões golpistas do PT e não iria arriscar a pele para salvar o Brasil sozinho.
As ameaças de morte vieram de dentro do PT, de um membro da “comissão de ética” do partido. Desde que o julgamento do mensalão foi concluído, em novembro do ano passado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tornou-se alvo de uma série de constrangimentos orquestrados por seguidores dos petistas condenados por envolvimento no maior escândalo de corrupção da história. A chamada “militância virtual” do PT, treinada pela falconaria do partido para perseguir e difamar desafetos políticos do petismo na internet, caçou Barbosa de forma implacável. O presidente do Supremo sofreu toda sorte de canalhice virtual e foi até perseguido e hostilizado por patetas fantasiados de revolucionários nas ruas de Brasília.
Os ataques anônimos da patrulha virtual petista, porém, não chegavam a preocupar Barbosa até que atingiram um nível inaceitável. Da hostilidade recorrente, o jogo sujo evoluiu para uma onda de atos criminosos, incluindo ameaças de morte e virulentos ataques racistas. Os mais graves surgiram quando Joaquim Barbosa decretou a prisão dos mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoíno. Disparadas por perfis apócrifos de simpatizantes petistas, as mensagens foram encaminhadas ao Supremo. Até em um blog supostamente de Dilma Rousseff oi colocado umpost com a imagem de um macaco, fazendo críticas à Joaquim Barbosa, numa atitude porca, suja e sem qualquer vínculo com a moral que seu cargo requer.
Em uma delas, um sujeito que usava a foto de José Dirceu em seu perfil no Facebookescreve que o ministro “morreria de câncer ou com um tiro na cabeça” e que seus algozes seriam “seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato”. Por fim, chama Joaquim de “traidor” e vocifera: “Tirem as patas dos nossos heróis!”. Em uma segunda mensagem, de dezembro de 2013, o recado foi ainda mais ameaçador: “Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas (…). Joaquim Barbosa deve ser morto”.
Temendo pela integridade do presidente da mais alta corte do país, a direção do STF acionou a Polícia Federal para que apurasse a origem das ameaças. Dividida em dois inquéritos, a averiguação está em curso na polícia, mas os resultados já colhidos pelos investigadores começam a revelar o que parecia evidente.
O homem que desejava atentar contra a vida do presidente do Supremo usava um computador de Natal (RN) e o codinome de Sérvolo Aimoré-Botocudo de Oliveira. Os agentes federais descobriram que o nome verdadeiro do criminoso é Sérvolo de Oliveira e Silva – um autêntico representante da militância virtual petista, mas não um militante qualquer.
Além de admirador de José Dirceu e Delúbio Soares e um incentivador do movimento “Volta, Lula”, o cidadão que alimenta o desejo de ver uma bala na cabeça do presidente do STF é secretário de organização do diretório petista de Natal e membro da Comissão de Ética do partido no Rio Grande do Norte.
Também é conselheiro do vereador petista Fernando Lucena na Câmara de Natal e atua como agitador sindical nas greves e movimentos da CUT no estado. Apesar de ainda exercer oficialmente todas essas funções, Sérvolo sumiu da cidade e o “Botocudo” saiu do ar. Localizado pela VEJA, Sérvolo de Oliveira confirma que, de fato, foi o autor da ameaça, mas alega que não pretendia matar o ministro do Supremo, embora, segundo diz, ele mereça morrer.
Com o Decreto 8.243, antidemocrático e repleto de aberrações jurídicas assinado por Dilma, ficou claro para Barbosa que a bandidagem neste país está acima de lei. Ele mesmo já havia dito isto, quando houve influências vinda da Papuda para o relaxamento de prisões de José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoíno. O decreto assinado por Dilma encerra as atividades congressistas, ou seja, o congresso seus senadores e deputados se tornam obsoletos e portanto, deixam de existir, assim como deixam de existir as eleições em 2014 para Presidente da República. O STF se tornará um mero departamento do PT e todo o tipo de aberração se dará daqui para adiante, pois com todos os Juízes manipulados pelo dinheiro e pelo poder do PT, todos os mensaleiros estarão livres e fora da cadeia. Joaquim Barbosa não quer compactuar com toda esta sujeira sórdida, imunda e nojenta, não iria querer enfrentar o poder e ter o risco de ser eliminado pelos psicopatas do PT. E foi por estas e tantas outras, que Barbosa pediu sua aposentadoria. Barbosa com certeza irá sair do país, não irá viver nesta terra de bandidos, corruptos e terroristas e muito menos irá querer viver com a ausência de democracia e debaixo de um regime comunista. Há boatos que Joaquim Barbosa iria para os Estados Unidos viver lá com sua família, longe do inferno bandido e da escravidão que o povo será submetido.
Barbosa sabe ainda, que não teremos mais eleições no Brasil e sim uma grande convulsão nacional que será arquitetada pelo governo terrorista para insuflar uma guerra de classes. Sabe também que muitos serão presos, perseguidos, exilados, torturados e assassinados pela ditadura do terror e do medo. Sabe também quehaverá expropriações, desapropriações, tributação e confiscos e que o Brasil terá um regime totalitário controlado por terroristas, bandidos e os revoltados dos movimentos sociais. Sindicatos, ONGs do governo, organizações de esquerda, intelectuais comunistas, índios, militantes do PT e da esquerda, líderes do Sem teto e dos Sem Terra, governarão o país sob a tutela do PT. São essas trupes esquerdistas revolucionárias que ditarão os ensejos populares, que irão propor via PT, as mudanças que o país precisa para ser igualitário socialmente. Eles serão o trampolim para uma nova constituição comunista e para as novas leis que submeterão o país à uma ditadura comunista.
Joaquim Barbosa estava sozinho, ameaçado e lutando contra um sistema político sem lei e sem moral. Não teve o apoio necessário do povo, da grande classe idiotizada e omissa que permitiu que o país chegasse onde chegou. Ninguém iria arriscar a pele para morrer por um bando de idiotas que não fazem nada pelo país e que ficam sentados em suas confortáveis cadeiras, sentando o pau no governo pelas redes sociais, mas que são incapazes de se agruparem, se organizarem e formarem uma barreira contra este governo e contra essa esquerda sórdida, canalha e traidora da pátria, que avança impiedosamente para golpear a nação. Joaquim Barbosa esteve à frente de um grande dilema, lutar e morrer como um mártir ou sair e viver em paz, longe deste país de covardes, de bandidos e de terroristas. Prevaleceu o bom senso e Barbosa foi sábio e salvou sua própria pele. Barbosa é um homem que sabe demais, sabe inclusive o que ainda não sabemos e já prevendo o grande inferno vermelho, fez o que muitos brasileiros ainda irão fazer. “PEDIR PARA SAIR”.
Fonte:  recebido por mensagem eletrônica

VEJA TAMBÉM !!!!

- O tenebroso Decreto 8243/2014
- General Paulo Chagas faz uma grave denuncia a Nação
- Maçonaria vem a público com um manifesto preocupante contra o PT
- Financial Times aponta Lula e família donos de fortuna avaliada em R$ 700 MILHÕES

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Perigo a vista ! Wahabistas que promovem a forma mais virulenta do islamismo "tomam posse" do Rio de Janeiro para alá

Islâmico faz a oração Azan ao pé do Cristo Redentor, "tomando posse do Brasil para Alá"

O vídeo abaixo mostra wahabitas salafitas da Arábia Saudita fazendo a oração Azan ao pé da estátua do Cristo Redentor, no Corcovado. Eles estão aqui no Brasil, no lugar mais alto e famoso, um símbolo do Rio de Janeiro, fazendo "Alahu Akbar", a mesma coisa que é dita quando não-muçulamos (cristãos, budistas, hindús, judeus, ateus, agnósticos, ...) são mortos ou mutilados.

Um gesto simbólico, feito em um dia de chuva com pouca gente no Cristo Redentor (certamente para evitar publicidade), mas que tem um significado profundo dentro do modo de ver dos muçulmanos ortodoxos: esta-se "tomando posse" do Brasil, e afirmando-se que o islão, e a Sharia, estão chegando.

A Azan, a Chamada à Oração, é chamada por um Muezim da mesquita cinco vezes por dia, tradicionalmente a partir do minarete, convocando os muçulmanos para adoração (salatobrigatória (fard).


Sendo cantado no Corcovado, o topo do Rio de Janeiro:
Eu testemunho que não há outro Deus senão Alá.
Eu testemunho que Maomé é o mensageiro de Alá.
Apressa-te a adoração (salat).
Apressa-te para o sucesso.
A oração é melhor do que o sono.
Alá é maior.
Não há Deus senão Alá.
O texto do YouTube diz 
Em nome de Alá, o Misericordioso. Obrigado e agradecimento a todos os colegas a apoiarem a ação.  E peço a Alá para conciliar tudo.  Irmão: Abdul Rahman Saleh al-Awfi.
Medina
Os wahabistas promovem a forma mais virulenta do islamismo. O que eles defendem e propagam, usando a riqueza oriunda os petro-dólares, é o salafismo, que significa "antecessores" ou "antepassados", termo usado ​​para identificar os primeiros muçulmanos, que formaram o epítome da prática islâmica.

 A tradição de Maomé (hadice) cita Maomé dizendo "As pessoas da minha geração são as melhores, em seguida, aqueles que virão depois deles, e, em seguida, os da próxima geração" (Bukhari, vol. 8, livro 76, 436; e também vol. 5, livro 57, 2), é visto como um apelo aos muçulmanos seguirem o exemplo dessas três primeiras gerações, os "salaf"

Os wahabismo salafista (a redundância aqui é proposital) é o islamismo oficial da Arábia Saudita, país cuja Constituição diz ser dever do Estado a propagação do islão (dawa). E eles fazem isso a nível mundial custeando mesquitas e madrassas em todos os continentes, inclusive aqui.  
Algumas indagações:
  • Sendo eles wahabistas salafistas, os mesmos que apoiam e financiam a ação dos jihadistas no Iraque e na Síria, ações estas que envolvem terríveis atrocidades contra tudo e contra todos aqueles que eles considerem como não-muçulmanos (ou diferentes), o que eles desejam no Brasil? 
  • Considerando os wahabistas salafistas desejam a implementação da lei islâmica (Sharia) em todo o mundo, algo que os jihadistas do Iraque e da Síria têm demonstrado com clareza, o que eles desejam no Brasil?
  • Considerando que tem existido um esforço grande por parte da Arábia Saudita em enviar jihadistas para lutar no Iraque e na Síria, inclusive libertando presos para lutarem lá em troca da liberdade e ajuda às suas famílias, e que tem existido um grande esforço de radicalização de jovens recém-convertos em países dos mais diversos, incluindo-se Europa, Austrália, Canadá e Estados Unidos, cuja conversão e radicalização se dá em torno de mesquitas e madrassas salafistas, o que eles desejam no Brasil? 
Vídeo que convida os "muçulmanos de todo o mundo" a se juntarem à jihad na Síria e no Iraque. "Muçulmanos de todo o mundo" inclui os jovens recém-conversos da Europa, Austrália, Canadá e Estados Unidos.


E mais uma coisa. Nenhum não-muçulmano pode chegar perto da pedra negra que eles adoram em Meca, sob pena de execução. Mas para ir para a terra dos outros criar problemas, isso eles não perdem tempo.

Nenhum não-muçulmano pode mostrar outra religião ou falta dela (ateísmo) a um muçulmano sob pena de morte, segundo a lei islâmica (Sharia) mas eles se sentem com todo o direito de cirar confusão na terra dos outros.

Temos problemas demais. Não precisamos de mais um, e da pior qualidade!
NÃO QUEREMOS SHARIA NO BRASIL !!! 


Comentário:
Isso realmente é muito preocupante. Todos os Cristãos, sejam Católicos, Evangélicos e até mesmo Espíritas tem que ficar atentos com esse possível crescimento desta religião que a milênios, perseguem, torturam, degolam e matam Cristãos e todos que eles consideram infiéis, e, infiéis para eles são todos que não pertencem a essa filosofia desumana, sádica, louca e fanática, que pratica a Barbárie e o crime.. basta olhar os links abaixo.

Fiquemos muito atento pois todos serão prejudicados com o possível crescimento desta abominação em nosso território, a começar pelas mulheres..
_____________________________________
VEJA TAMBÉM
- Extremistas muçulmanos recebem o equivalente a 98 reais por cada Cristão morto
- Mais uma Barbárie Muçulmana! Criança Cristã é decapitada e mostrada como troféu
- Nova tortura submetida aos Cristãos na Arábia Saudita
- Muçulmanos do Sudão ordenam morte de Cristãos
- O Islã propõem boicote a tudo que vem dos Judeus, Será ?
- Treinador de Homens Bomba se explode e explode a turma inteira por engano
- As Cruzadas: resposta contra as invasões muçulmanas
- Yitzhak Kaduri Rabino dos Rabinos declara que teve um encontro com o Messias
- O que podemos aprender com Israel
- O direito de Israel a Jerusalém
- Inscrição em pedra de 2000 anos fala da ressurreição de Cristo
- O historiador Blainey reconstrói a longa trajetória da maior religião do ocidente
- Novas técnicas estão devolvendo a vida as pessoas
- Cientistas apontam que a origem da vida pode estar no Barro

terça-feira, 3 de junho de 2014

Ativista LGBT afirma que ser gay é um grande sofrimento e, que a sexualidade só pode ser vivida na diferença sexual

“Possuir tendência homossexual é um sofrimento, não uma escolha nem um pecado em si ​”​, testemunha Philippe Ariño.



“​Ser homossexual é um sofrimento, não uma escolha nem um pecado em si ​”​

Quem dá esse testemunho é Philippe Ariño, homossexual espanhol de 34 anos, que atualmente leciona em Paris. Participante do universo ativista LGBT, começou-se a falar dele em 2011, quando Phillipe Ariño revelou que havia mudado de vida.
Em 2013, ele guiou, em primeira linha, a batalha contra a legalização do “casamento para todos” francês; é autor do livro “L’homosexualité en vérité”, que na França vendeu mais de 10 mil cópias.

Foi ele quem aconselhou Frigide Barjot, ex-porta-voz da “Manif pour tous”, que não falasse de “heterossexualidade”, porque “assim se perde não só a batalha, mas também a guerra”.
Entrevistado por Tempi.it, Ariño explica que, “para salvar o ser humano, é preciso ir à origem do problema. É isso que tentamos fazer nas ruas com os veilleurs” (os “veladores”).

Conte-nos sua história. Como você cresceu?

Eu tinha uma péssima relação com o meu pai e, na adolescência, eu não conseguia fazer amizades masculinas. Depois entendi e reconheci que minhas tendências homossexuais eram sintoma de uma “ferida”: só dessa maneira meu sofrimento começou a diminuir.
Ser homossexual é um sofrimento; não é uma escolha, um pecado ou algo inócuo. Conheço mais de 90 pessoas com pulsões homossexuais que foram estupradas. Agora, o mundo LGBT me odeia porque conto isso, mas eu repito a eles também: a homossexualidade é uma ferida que não se alivia fazendo sexo. Se você não admitir isso, nunca terá paz.

Quando sua forma de entender a homossexualidade mudou?

Em 2011, descobri a beleza da continência. Eu havia começado a reconhecer que alguma coisa não estava bem e voltei à Igreja. Durante uma conferência, falei da minha situação e percebi que me ajudava. E não só isso: explicando o meu drama, consegui ajudar muitas pessoas, incluindo homens e mulheres casados.

Foi difícil?

EU encontrei um caminho, mas há muitos. Outros também conseguem superar estas pulsões; eu descobri que, reconhecendo a minha ferida e oferecendo-a a Cristo e à Igreja, minha condição dolorosa se transforma em uma festa. Ao não praticar a homossexualidade, não estou dizendo “não” às minhas pulsões, mas “sim” a Deus: é um sacrifício para ter o melhor, o máximo, algo que antes eu não tinha. Podemos pensar que o Senhor só nos ama se estivermos bem, mas acontece o contrário: Ele ajuda quem precisa dele e, se você lhe oferece os seus limites, Ele faz grandes coisas.

Por que as relações homossexuais não o faziam feliz?

Ao me relacionar com outros homens ou olhar para eles de maneira possessiva, eu sentia satisfação no momento. Mas estava sozinho e nunca me sentia completo. É então que caímos na ilusão de achar que podemos viver a sexualidade como os outros, mas, na verdade, a sexualidade só pode ser vivida na diferença sexual.

O que mudou concretamente na sua vida?

Antes, eu me sentia sempre inferior aos homens, porque a​ ​ homossexualidade é invejosa. Agora, após descobrir que Deus me ama e que sou seu filho, querido e amado, não me sinto inferior a nenhum homem. Assim, depois de muitos anos, descobri a beleza da amizade masculina, que eu não trocaria pelas relações do passado – quando eu fingia estar me realizando.

Pessoas como você, que abandonam seu passado, não são muito queridas pela comunidade LGBT. Como você se relaciona com o universo que frequentava?

Eles me colocaram na lista negra. Ficam me ameaçando e me etiquetam de homofóbico, mas eu não teria sobrevivido junto deles: é um mundo de mentiras, que exteriormente se mostra alegre, mas dentro está cheio de raiva e tristeza. A maioria dos atos homofóbicos e dos insultos contra as pessoas com tendências como as minhas provêm de pessoas que têm feridas como as minhas, que gritam e vociferam porque são frágeis.

Os ativistas podem aplaudir quando você fala, mas você só é visto em sua​ ​sexualidade, como se fosse um animal ou um indivíduo de série B que precisa ter direitos especiais. É por isso que eu digo que somos os piores inimigos de nós mesmos. Na Igreja, no entanto, encontrei pela primeira vez alguém que me acolheu como pessoa, levando em consideração tudo o que o Philippe é.

Você costuma afirmar que a homossexualidade está se propagando. Por quê?

A identidade é cada vez mais frágil. Propaga-se porque o homem e a mulher, também os que moram juntos, muitas vezes não reconhecem a beleza da diferença e já não se encontram. Não sabem por que se casam, estão juntos mas ao mesmo tempo sozinhos, vivem a relação de maneira egoísta e não entram em comunhão. Só sobra o sentimento, enquanto este durar.

Por que os dois sexos se sentem tão distantes e alheios um do outro?

Penso que, quando se corta o vínculo com Deus, tudo se torna inimigo nosso, e então também surge a desconfiança entre o homem e a mulher. No entanto, as pessoas deveriam se casar para ajudar-se mutuamente a voltar Àquele que as criou: onde o homem não chega, chega a mulher. Do contrário, resta apenas a possessão que divide. E tudo isso prejudica os filhos. Se não partimos dessa consciência, nunca resolveremos o problema. Se jogamos a partida em outros campos, já a perdemos.

A que você se refere?

A ministra francesa de Justiça, Christiane Taubira, mãe da lei sobre o casamento gay, começou dizendo que era preciso distinguir entre casamento heterossexual e homossexual. Isso é uma mentira terminológica que não se ajusta à realidade e que não podemos aceitar. É preciso dizer que a heterossexualidade não existe: existem apenas o homem e a mulher, diferentes e complementares.

Além disso, não se deve excluir do debate a questão homossexual em si mesma. Se ela está se propagando, é responsabilidade de cada um de nós entender o que é e de onde vem, fazendo compreender o que estamos enfrentando. Pelo mesmo motivo, sempre digo que não é suficiente fazer um discurso cujo ponto de partida seja o direito das crianças, mas no qual se omite e tolera com indiferença as relações homossexuais. Só entendendo o sofrimento que deriva disso, e o fato de que se trata de uma amizade ambígua, incapaz de amor, se compreende que o único leito de crescimento para uma criança é a família com pai e mãe.

Inclusive nos ‘casais’do mesmo sexo mais estáveis, nos quais se busca o respeito, não há felicidade. Conheço alguns e muitas vezes são precisamente eles que me entendem. Durante uma conferência, um homem que vivia uma união estável há mais de 20 anos, me disse: “Como você tem razão!”. Outros se perguntam: “Mas que vida estamos vivendo?”. Quando a pessoa entende isso, já não pode dizer: “Coitados; vamos deixar que vivam como quiserem” e fazer o papel de “caridosos”, como ocorre hoje.

O que acontecerá com as crianças que crescem nesse novo modelo de “família”?

Se a criança não aprende a beleza da diferença, não será capaz de amar. Uma sociedade que finge exaltar as diferenças, mas depois as trata como uma ameaça, está educando uma geração que não saberá acolher o outro. Vivemos em um mundo que se recusa a encarar a realidade, com suas contradições e limites, como os da sexualidade – vista hoje como um perigo. Esta deformação da realidade humana está conduzindo a um colapso antropológico. E quanto mais avançarmos neste sentido, mais crescerão as formas de solidão, neurose e violência.

O que se pode fazer?

Respeitar a realidade e tentar voltar a entender sua finalidade. No que diz respeito a mim, eu digo que Jesus, sua verdade e a Igreja são o caminho para amar, ser amado e servir.

(Artigo publicado originalmente por Religión en Libertad)
_________________________________

veja também !!